ORGANIZADORA

Editora e Revisora da Secretaria de Estado de Educação e Cultura (DAS-6, CAI-6), responsável pela edição de todos os livros didáticos da Secretaria. 1975 – dezembro 77.


Redatora e revisora do INELIVRO da Secretaria de Estado de Educação e Cultura. Janeiro 1978 – 1980. Resenhista e escritora do Caderno B do Jornal do Brasil – 1972.


Redatora na cobertura em português do evento Rio-1992, no Rio-Centro. Min. Relações Exteriores.


Editora da Coleção Resgate, do Instituto Nacional do Livro, junto à Editora Presença, pela elaboração e coordenação da coleção Resgate, do INL, em coedição, abarcando oito obras dos séculos XIX e XX, entre 1987 e 1992, entre os quais obras raras de autoria feminina:


Lançamento, no sul do país, o romance Úrsula, da primeira escritora brasileira, que lançou no sul do país, em 3ª edição, sendo esta 1ª atualizada: Úrsula, de Maria Firmina dos Reis, com introdução de Charles Martin, e notas por Luiza Lobo. Rio de Janeiro, 1988, v. 12. Publicação dos romances Voleta, de Albertina Berta, Celeste, de Délia, Gradações, Páginas soltas, de Carmen Dolores além de Contos amazonenses, de Inglês de Sousa, 2ª edição brasileira, obras de Artur Azevedo, entre outras.


Escrita de centenas de ensaios sobre Clarice Lispector, Rachel de Queiroz, Dinah de Queiroz, Sonia Coutinho, Nélida Piñon. Publicou Guia de escritoras da Literatura Brasileira e escreveu introdução e verbetes para o Bloomsbury Guide to Women’s Literature, 1992, ISBN 9780130896650.


Organizadora de mais de 30 revistas especializadas e livros, no Brasil e no exterior, em que se destacam: Globalização e literatura. Discursos transculturais. v. 1. Org. Luiza Lobo. Rio de Janeiro, Relume-Dumará, 1999. Org. et alii, Literatura e feminismo: propostas teóricas e reflexões críticas. Rio de Janeiro, Elo, 1999. 256 p., Modernidad y modernización, Cultura y literatura en Latinoamerica, Quito, Abya-Yala, 2000. 139 p., revista Censive / Revue Internationale d’Études Lusophones, Universidade de Nantes, 4 números, Terceira Margem, revista da pós-graduação da Faculdade de Letras da UFRJ, Revista do Brasil (Estado do Rio de Janeiro, nova fase), entre muitas outras.


Publicação da primeira edição atualizada do poeta maranhense romântico épico Joaquim de Sousa Andrade (Sousândrade), com introdução, glossário e notas. O Guesa (São Luís, Academia Maranhense de Letras; Rio de Janeiro, Ponteio, 2012, ISBN 821.134.3(81)-1]). Também em versão digital.


Editora de um site contendo as revistas literárias Mulheres e Literatura e Literatura e Cultura (CAPES, 1-B) e Literatura e Cultura (2-B), além de textos literários de autores e autoras brasileiros, também em tradução (http://www.litcult.net). Pesquisa com alunos de Iniciação Científica, da UFRJ. Contém centenas de ensaios sobre literatura e cultura e de literatura brasileira. http://litcult.net.